EDUARDO AROSO *

web-camisola-Eusébio-2014-01-06-19.33.34

Camisola autografada por Eusébio (colecção particular)

A não ser pela geometria, não se pode dizer que haja qualquer semelhança entre uma bola de futebol e a nossa esfera armilar. A verdade é que Eusébio, Amália, Vieira da Silva, ou Gago Coutinho, entre outros, e cada um por razões diferentes, nos mostraram outra vez ao mundo, já depois de andarmos esquecidos e ainda conhecidos por espanhóis, no tempo do «orgulhosamente sós». Eusébio mostrou-nos. E mostrou-nos também que sempre gostámos de todas as cores, sempre nos demos bem com elas, para além do vermelho e do verde da nossa bandeira. «In ilo tempore» quando os jogadores de uma equipa, se não eram do mesmo bairro, eram quase todos do mesmo país, praticamente com a mesma cor de pele. O «pantera negra» não foi só marcador de golos, foi mais do que isso.

Agora alguém apitou. Mudança de campo?! Não é assim tão estranho. Toda a gente sabe! O que é que é se há-de fazer?! Há jogos que duram para sempre.

texto publicado no Facebook, 5-1-2014)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here