eléctrico

A 9 de Janeiro de 1980 os eléctricos deixaram de circular em Coimbra. Assinala-se hoje, quinta-feira, portanto, a data de (mais) um crime cometido contra o património de Coimbra. Foi há 34 anos.
A efeméride foi lembrada por Carlos Ferrão.

«Diz a lenda que os cinco guarda-freios tocaram as campainhas dos eléctricos quando entraram pela última vez na “remise”», recorda o Pedro Rodrigues Costa aqui.

1 COMENTÁRIO

  1. Será que daqui as uns anitos estaremos a dizer que em Coimbra já passaram 34 anos e que de Metro Mondego continuamos a ter só o Mondego?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.