web-entrevista

José Sócrates revelou em entrevista (ver vídeo de 1’18’’ aqui) ter uma memória bastante precisa do que fez na tarde de 23 de Julho de 1966 enquanto decorria o Portugal-Coreia do Norte, dos quartos-de-final do Campeonato do Mundo de futebol.

O jogo, que começou às 15h00 no Goodison Park, em Liverpool, teve a seguinte “marcha do marcador”:
0-1, Pak Seung-Zin, 1 minuto
0-2, Lee Dong-Woon, 22 minutos
0-3, Yang Seung-Kook, 25 minutos
1-3, Eusébio, 27 minutos
2-3, Eusébio (penalty), 43 minutos
3-3, Eusébio, 56 minutos
4-3, Eusébio (penalty), 59 minutos
5-3, José Augusto, 80 minutos

José Sócrates afirma que saiu de casa com Portugal a perder por 3-0, foi ouvindo as explosões de alegria pelos golos da “equipa das quinas” durante o percurso e que quando chegou à escola a selecção portuguesa já vencia.
Ou seja: José Sócrates saiu de casa no máximo no minuto 27 do jogo e chegou à escola pelo menos ao minuto 60. Pelo meio, não se esqueça, decorreu o intervalo do jogo (assumamos que foi o mínimo possível, 10 minutos).

Olhando para o relógio terá sido, no mínimo, mais ou menos assim:
15h27 – José Sócrates sai de casa
16h10 – José Sócrates chega à escola
Caminhou, portanto, pelo menos durante 43 minutos, naquela tarde de sábado, para chegar à escola.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here