w-AArnaut

A Universidade de Coimbra (UC) vai distinguir o fundador do Serviço Nacional de Saúde (SNS) António Arnaut com o título de doutor “honoris causa”. O director da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC), José Reis, disse à agência Lusa que a proposta de reconhecimento público de António Arnaut foi aprovada por unanimidade – “e com palavras calorosas” – em reunião do Senado universitário, na quarta-feira.
A homenagem tinha sido aprovada pelo Conselho Científico da FEUC, que fez a proposta ao Senado, e visa “reconhecer uma grande personalidade da nossa democracia e da nossa sociedade”, realçando a sua ação como impulsionador do SNS, adiantou, prevendo que a cerimónia de doutoramento “honoris causa” de António Arnaut se realize nos próximos meses.

A proposta da FEUC salienta que “a institucionalização do SNS foi um marco relevante da nossa evolução social e da nossa organização colectiva nas últimas décadas, devendo continuar a sê-lo no futuro, pois a sua renovação e sustentabilidade são assuntos essenciais».
Assim, a Universidade «reconhece um cidadão de Coimbra com presença muito significativa na vida pública nacional das últimas décadas e com a sua acção política associada a uma das mais marcantes deliberações democráticas depois do 25 de Abril: o Serviço Nacional de Saúde, isto é, uma política pública de acesso aos cuidados essenciais e, portanto, de generalização do bem-estar, numa base igualitária».

António Arnaut disse à Lusa ter ficado «extremamente honrado e emocionado com a alta distinção» que a UC lhe vai atribuir.
«Era a coisa mais improvável que me podia acontecer», admitiu, frisando que «a honra é ainda mais reforçada» no ano em que o país está a comemorar 40 anos do 25 de Abril e 35 anos da criação do SNS.

Advogado, escritor e um dos fundadores do PS, António Arnaut nasceu há 78 anos em Cumieira, concelho de Penela, e licenciou-se na Faculdade de Direito de Coimbra em 1959.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here