O auditório do Liceu D. João III (com capacidade para 350 espectadores e que, na altura, era «um dos mais modernos existentes nos estabelecimentos de ensino portugueses») foi inaugurado, com pompa e circunstância, no dia 16 de Março de 1974.

No espectáculo participaram dois grupos de teatro: o do Liceu D. João III, orientado pelo dr. Mário Sousa Santos, que tinha actividade regular; e um outro, formado especialmente para esta ocasião, constituído por alunos finalistas (eles do D. João III e elas do Liceu D. Maria), orientado pelos drs. José Maria e Paulo Quintela.

O “Correio de Coimbra” publicou desenvolvida reportagem na quinta-feira seguinte, 21 de Março. E na histórica secção “Sintomas”, o cónego Urbano Duarte também se referiu à inauguração do auditório.

Publicamos reproduções das páginas que, há 40 anos, o semanário diocesano dedicou ao assunto. [A leitura do discurso do dr. Manuel Vieira, reitor do Liceu D. João III, permite múltiplas análises e reflexões.]

 

web-Festa1web-Festa2web-Sintomas1web-Sintomas2web-Cabecalho

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.