ESPHOL

Marcha do marcador
1-0, Xabi Alonso (gp), 27 minutos.
1-1, Van Persie (golo fabuloso!), 44 minutos.
1-2, Robben, 53 minutos.
1-3, De Vrij (frangalhada de Iker Casillas), 64 minutos.
1-4, Van Persie (nova frangalhada de Casillas), 72 minutos.
1-5, Robben (lance individual fantástico!), 80 minutos.

Breve comentário
Vitória clara da Holanda perante uma Espanha ao que tudo indica em “final de ciclo”.
Na 2.ª parte foi clara a diferença de andamento entre as duas equipas.
A Espanha – que continua a insistir no futebol de passe e repasse, agora já previsível e sem o fulgor de outrora – mostrou-se uma equipa cansada, sem chama.
Os espanhóis tiveram mais posse de bola (60%), mas a diferença de velocidade acabou por ser decisiva.

Factos salientes
Boa exibição de Martins Indi (de seu nome Bruno Martins Indi), nascido no Barreiro, no distrito de Setúbal, mas a viver na Holanda desde os três meses de idade.
Árbitro perdoa a expulsão a Diego Costa (54 minutos), por agressão a Bruno Martins.
Van Persie rematou à trave (60 minutos).
Diego Costa, brasileiro naturalizado espanhol, foi repetidamente assobiado pelo público. Foi substituído aos 62 minutos.
Golo (bem) anulado à Espanha, aos 67 minutos.
Casillas – que continua na “fase má”, provavelmente em final de carreira – evitou o 1-6, por duas vezes, aos 87 minutos.

Figura do jogo
Van Persie

Estado do tempo
Céu nublado. Períodos de chuva.
Temperatura: 27 graus.
Humidade: 87%.

Qualidade do jogo
14/20.

EspanhaHolanda-estatisticas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here